press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5
Camila Uchôa
Camila Uchôa

press to zoom
Camila Uchôa
Camila Uchôa

press to zoom
Camila Uchôa
Camila Uchôa

press to zoom
Camila Uchôa
Camila Uchôa

press to zoom
1/6
NÃO CONTÉM GLÚTEN 

Escola de Artes Visuais no Parque Lage / Encerramento do IV Colóquio de Filosofia e Ficção /UERJ - maio 2009

 

Na sociedade de consumo, o controle excessivo da própria imagem corporal se manifesta na construção de “Super-Corpos’’. Malhados, talhados, esticados em formas perfeitas, corpos exibem-se moldados com bexigas de plástico. Um desfile violento os derruba dentro da piscina com água. Boiando na hiper-atividade consumidora os “Super-Corpos” comem-se uns aos outros. A performance expõe um canibalismo sem glúten.

DISSOLUÇÕES PUBLICITÁRIAS

Mostra Livre de Artes (MOLA) Circo Voador - RJ - outubro 2009

 

Felicidade garantida no maravilhoso mundo das publicidades! Os performers, vestidos com sofisticadas roupas de papel, desfilam na passarela de outdoors e atiçam os desejos de uma vida melhor a qualquer custo. Os espectadores matam sua sede de consumo ao jogarem baldes d'água sobre os performers como corpos-objetos de consumo. As baldadas d´água transformam o desfile em lixo de papel molhado.

 

Participação do Coletivo Dadalu na criação/confecção das roupas de papel 

PERFORMANCES

press to zoom
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom

press to zoom
1/6
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
1/5
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
Riad Bourayou
Riad Bourayou

press to zoom
Riad Bourayou
Riad Bourayou

press to zoom
Jérôme Souty
Jérôme Souty

press to zoom
1/4
FONTES 

Circo Voador / RJ - 2010

 

A ação coletiva de encher sacos com água instala uma fonte artificial sob os Arcos da Lapa - aqueduto construído em 1723 para transportar a água do rio carioca e distribuí-la aos habitantes do Rio de Janeiro. Na performance, a higienização da água em sacos plásticos incorpora imagens em vídeo da cidade. A tela projetada se transforma em fonte: os performes rasgam os sacos de água interagindo com imagens da privatização da água no meio urbano.

BANHO DE LAURA 

Fórum Internacional – Rio Cidade Criativa. Arte e Cultura na revitalização de comunidades, bairros e cidades / RJ - outubro 2010

 

Ocupação da fachada da Casa de Cultura Laura Alvim com quedas de água salgada retirada do mar de Ipanema. Homens e mulheres, com vestidos e saias pretas,  homenageiam Laura Alvim (1902-1984) - mulher que subverteu os costumes sociais impostos à sua condição feminina e incentivou a vida artística da cidade do Rio de Janeiro, fazendo de sua própria casa um centro cultural.

RIO CARIOCA  

Global Water Dance, promovido no Brasil pela Osdoisciadedança e realizado no Aterro do Flamengo em julho 2011. 

Vídeo

Retirada de água da baía de Guanabara para sua despoluição simbólica. A reinvenção da linha do horizonte, com baldes coloridos na areia, remete à mobilidade dos limites entre terra e água nas reformas urbanísticas do Rio de Janeiro. A água poluída é exposta em baldes, emoldurando e vazando a paisagem do aterro do Flamengo.

Junior Godim
Junior Godim

press to zoom
Junior Godim
Junior Godim

press to zoom
Junior Godim
Junior Godim

press to zoom
Junior Godim
Junior Godim

press to zoom
1/6
FACHA D'ÁGUA 

Ser Urbano : Cidade-Projétil. Quinta semana de arquitetura e urbanismo da PUC Rio - outubro 2010. 

 

Ocupação da fachada do prédio de arquitetura da PUC- Rio com quedas d’água. O transporte coletivo de baldes com água desvia os fluxos de deslocamento e sinaliza trajetos inesperados no campus da Universidade. No final deste percurso, 80 litros de água são jogados do alto do prédio do curso de arquitetura. Sob as quedas d´água, um banho coletivo expõe a intimidade dos corpos e desestabiliza os limites entre espaço público e privado.