VOLUME MORTO

SESC- Copacabana Sala Multiuso/ RJ: outubro e novembro 2016

Residência Artística Centro Coreográfico / RJ : setembro 2015 até abril 2016​

 

O espetáculo expõe os paradoxos de um país que, sendo extremamente rico em recursos naturais, vive da desigualdade social. Até quando sobreviveremos dos volumes mortos que produzimos? A questão instaura um ambiente de ações instáveis no qual performers e espectadores entram em contato com suas reservais vitais.

1/7

ESPETÁCULOS

ARTE À VENDA

Casa da Glória / RJ: novembro e dezembro 2007
 

Vídeo

Na piscina com água os performers tentam se vender aos espectadores e são afogados pelas projeções de custo/benefício, sucesso/fracasso, lucro/prejuízo traçadas pela liquidez de seus valores no mercado artístico. O espetáculo performativo deu origem a formação do Coletivo Líquida Ação.